AQUI TODO MÊS, É MÊS DO ROCK!!!
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 História Da Banda Static-x

Ir em baixo 
AutorMensagem
Jeff

avatar

Mensagens : 91
Data de inscrição : 27/09/2009
Idade : 26

MensagemAssunto: História Da Banda Static-x   Dom Set 27, 2009 10:49 am



Static-X

Um dos expoentes do novo metal industrial é com certeza o Static-X. Formado em 1994, o grupo surgiu com Wayne Static (vocal e guitarra) e Ken Jay (bateria), membros remanescentes da banda Deep Blue Dream. Os caras se conheceram em Chicago, EUA, apresentados por ninguém menos que Billy Corgan do Smashing Pumpkins. Após o término do Deep Blue Dream, Static e Jay se mudaram para Los Angeles à procura de novos membros para sua banda. Na Cidade dos Anjos, eles acharam o baixista Tony Campos e o guitarista Koichi Fukuda, completando assim o lineup original do grupo.



Já com o nome de Static-X, a banda assinou com a Warner Bros. no início de 1998 e no dia 23/03/1999 chegou às lojas “Wisconsin Death Trip”. Alavancado pelos singles "Push It", "I'm with Stupid" e "Bled for Days", o grupo saiu em uma turnê bem sucedida de divulgação e ainda teve a chance de participar duas edições do aclamado Ozzfest. No ano seguinte, foi lançado o EP “The Death Trip Continues” e em 2001 veio a glória: “Wisconsin Death Trip” faturou o disco de platina e é até hoje o único trabalho do Static-X que alcançou tal marca. Faixas deste primeiro álbum ainda fizeram parte de trilhas sonoras de video games e campanhas promocionais.



Após gravar o sucessor deste CD, Koichi Fukuda deixou a banda para passar mais tempo com sua família e se dedicar a outros projetos musicais. Então, no posto de Fukuda, foi integrado à banda Tripp Eisen (ex- Dope). O tal CD sucessor, “Machine” foi lançado em maio de 2001 com grande êxito comercial e, pouco tempo depois, o Static-X começou a trabalhar na sua terceira bolachinha, o “Shadow Zone”, na qual Eisen tocou e ajudou a compor boa parte do material. No entanto, antes que as gravações fossem iniciadas, Ken Jay deixou a banda devido a diferenças musicais e políticas. Quem assumiu a batera da banda para a gravação do novo álbum foi Josh Freese (A Perfect Circle, The Vandals). Logo depois, Nick Oshiro, ex-Seether, foi chamado para o lugar de Jay e permanece até hoje como o baterista oficial do conjunto. Uma curiosidade: durante a produção deste disco, Jonathan Davis, vocalista do Korn, chamou Wayne Static para gravar os vocais de "Not Meant for Me", canção que ele fez para a trilha do filme “A Rainha dos Condenados”.



“Shadow Zone” foi lançado em outubro de 2003 e a parceria do Static-X com as trilhas sonoras de vídeo games continuou. "This Is Not", "The Only" e "Start a War" são alguns dos nomes que já apareceram em tais jogos. No ano seguinte, vimos o lançamento de “Beneath... Between... Beyond...”, coletânea com raridades e demos do quarteto, o que fez com que muitos pensassem que esse era o fim do grupo. Porém, pouco tempo depois, Wayne Static e companhia começaram a trabalhar no quarto álbum de estúdio, o “Star a War”.



O ano de 2005 foi um ano um tanto quanto tenso para a banda. Em fevereiro do mesmo ano, o nome de Tripp Eisen foi ligado a um escândalo sexual envolvendo menores de idade. O músico foi preso e, por conseguinte, foi demitido do Static. O antigo guitarrista Koichi Fukuda, que já estava produzindo samples para o novo disco, retornou ao Static-X para ocupar sua antiga posição. “Start a War” foi lançado em junho do ano em questão e "I'm the One" e "Dirthouse" foram os singles deste trabalho.



“Cannibal” saiu em abril de 2007 e marcou o retorno ao estúdio de Fukuda. "No Submission", faixa desse CD, entrou para a trilha sonora do filme “Jogos Mortais III”. A primeira música desse disco a ser disponibilizada na internet foi a faixa título, porém o primeiro single a entrar nas rádios foi “Destroyer”. À época do seu lançamento, “Cannibal” faturou a 36ª posição do Top 200 da Billboard, se transformando em mais um sucesso na carreiro do grupo.


Discografia:

1999: Wisconsin Death Trip
2000: The Death Trip Continues (EP)
2001: Machine
2003: Shadow Zone
2004: Beneath... Between... Beyond (Coletânea)
2005: Start a War
2007: Cannibal
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
História Da Banda Static-x
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» banda Bixo da Seda - a História
» Tower of Power - A maior banda de Soul da história da música
» Som Nosso de Cada Dia - A história.
» Jazz: Uma Breve História
» Conte sua HIstória como Baixista (como você conheceu esse instrumento)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Rock World :: Histórias-
Ir para: